SOY LOCO POR TI
Política, Mídias, Economia, Arte, Futebol e Humor na América Latina

12/03/2005

Esse é o último post, por hora
(porque viver é mesmo melhor do que blogar)

Aos poucos mas especialíssimos leitores do Soy Loco por Ti: esse é o último post publicado nesse blog, pelo menos por enquanto. O site vai ficar sem atualização durante algum tempo. Os posts anteriores continuam disponíveis no arquivo ao lado. Quero agradecer a Sofia e Cláudio pela disposição e pelo carinho. Se vocês dois criarem seus próprios blogs, não deixem de me avisar.

Por ora é só.

Gracias



 Escrito por Luiz às 15h15 [] [envie esta mensagem]



Bela como Dietrich,
escrevia como Virgínia Woolf


Procurando um artigo no NYTimes, me deparei com um texto de um sujeito chamado Julie Salomon. O artigo compara a escritora Clarice Lispectora Kafka. O texto é muito bonito e ressalta que, de certa maneira, a vida de Clarice imitou a sua arte.

Sua personagem principal pode ser identificada em termos de uma mulher bela, intensa, trágica e que se relaciona de forma muito especial com coisas simples da vida.

O artigo foi publicado no dia 11 de março, por ocasião de uma palestra que o autor vai dar nesse domingo, dia 13 de março no Centro de Histrória Judaica de New York. A palestra vai discutir os pontos em que a obra de Lispector se refere ao judaísmo.

Um trecho do artigo: "Fiquei aturdido ao conhecer aquela pessoa rara, que parecia Marlene Dietrich e escrevia como Virginia Woolf", escreve o autor.



 Escrito por Luiz às 13h40 [] [envie esta mensagem]


11/03/2005

HÁ UM ANO PARA UNS, TODOS OS DIAS PARA MUITOS OUTROS...

 

“No a la guerra” era o que se podia ler nessa janela durante todos os dias de 2003 e 2004”.

 

 

Igual que ao 11 de setembro nos EUA, aqui, o 11 de março é um dia de reflexão. Há um ano, uma das estações de trem mais movimentadas de Madrid ia pelos ares, dias antes das eleições presidenciais. Muitos ainda hoje asseguram que foi nesse dia também que a sorte das urnas se lançou para o então candidato socialista (hoje, presidente) José Rodríguez Zapatero. Especulações a parte, o fato é que finalmente, muitos se assustaram com a cada vez mais próxima à todos, atividade terrorista.

 

Se em 2001, uma certa fragilidade da América do Norte se mostrou com os dois aviões atravessando as simbólicas torres do ocidente, em 2004 foi a vez da Europa perceber o quanto está implicada também nos acontecimentos do Oriente Médio.

 

Madrid foi literalmente o centro das atenções naqueles dias e um centro mais do que simbólico também da responsabilidade da Europa nos assuntos internacionais.

 

Para além dos fatos verossímeis e reais, um caso quase kafkiano vem à tona através dos jornais desde a semana passada: “Aquellos dos negros inviernos” é o título de um roteiro cinematográfico registrado desde 1997 por um jovem diretor de Barcelona, que descreve de maneira incrivelmente parecida, quase igual, os acontecimentos do atentado terrorista ocorrido no dia 11 de março de 2004 em Madrid. Segundo uma detalhada reportagem para o “El mundo” de domingo passado, depois de ter registrado seu roteiro em 1997, solicitou uma cópia de volta em 2001 ao Registro de Propriedade Intelectual de Barcelona, por ter perdido a única que possuia por culpa de um problema com os arquivos no seu computador.

 

Ao receber seu texto como solicitado, o diretor, cujo nome não nos deixa saber mais do que umas iniciais X.L.F., percebeu que haviam sublinhado várias passagens do roteiro, que para seu entendimento era um mistério, já que o que estava destacado eram coisas incongruentes como: “trem”, “Atocha” (o nome da estação atingida em 11-M),  “a bolsa que levava ao ombro”, “25 quilos de goma-2” e outros exemplos iguais de estranhos tanto pelas coincidências com a realidade, quanto pelo fato de terem sido feitas tais marcas no texto, enquanto este se encontrava em poder do Registro em Barcelona.

É certo que muitos fatos catastróficos na vida real, depois foram relacionados a romances ficticios, filmes, premonições de todo tipo ou inclusive tidos como inspirados pela ficção, mas este caso deixa uma brecha macabra e quase inacreditável no que se refere às supostas coincidências. Particularmente, não creio de modo algum em coincidências...



 Escrito por Sofia Bau às 17h50 [] [envie esta mensagem]


10/03/2005

Assim caminha a humanidade

Finalmente chegamos lá. A Forbes divulgou há pouco a lista dos sujeitos mais ricos do mundo e a quarta colocação, advinhem, é ocupada por um sulamericano. O mexicano Carlos Slim é dono da Telmex, que controla a Claro e a Embratel. Ele tem US$ 23,8 bi no bolso que o permitem estar na lista, divulgada todos os anos. O que mais impressiona, entretanto é outra coisa. O senhor Slim ocupava a 17ª colocação no ano passado. Para chegar à 4ª posição, o empresário teve que mais que dobrar seu patrimônio. Sua fortuna aumentou, em 12 meses, 70%. Ou seja, passou de US$ 13,9 bi para os atuais US$ 23,8 bilhões. Isso é que é eficiência. Se fosse uma empresa, o empresário deveria ganhar um Oscar, ou coisa parecida. Oscar de melhor desempenho.

Os maiores ricos da América Latina, segundo a Forbes:
Joseph e Moise Safta (Brasil), têm US$ 5,2 bi
Gustavo Cisneiros (Venezuela), tem US$ 5 bi
Andronico Luasic (Chile) tem US$ 4,2 bi
Lorenzo Mendoza (Venezuela), tem US$ 4,1 bi

Para entrar na lista é necessário ter pelo menos US$ 1 bi.



 Escrito por Luiz às 20h28 [] [envie esta mensagem]



Da série "e se a moda pega"
O presidente conclamou a população a boicotar a compra de produtos da Shell, porque a empresa aumentou em 2,6% e 4,2% o preço de seus produtos. O que mais deve ter revoltado o mandatário argentino é que nem a Repsol-YPF nem Petrobras, que atuam em solo argentino atualizaram preços. Via Clarin.

 Escrito por Luiz às 17h18 [] [envie esta mensagem]


09/03/2005

Bolivianas

Alguns de nossos tiranos: Abdala Bucaram, AndresPérez, Alfonsin, Fujimori, Jamil Mahuad
A renúncia do presidente Carlos Mesa, da Bolívia, não foi aceita pelo parlamento e Mesa propôs um pacto de união nacional para sustentar suas chances de governabilidade. Ninguém sabe se vai dar certo. Se fosse aceito seu pedido, seria décima interrupção de um mandato presidencial no continente desde o ano de 1989. O alerta foi feito ainda ontem, pelo Centro de Estudos Nueva Mayoría.

Embora a Bolívia continue com Mesa na mesa, a informação merece uma reflexão. O continente sulamericano teve uma interrupção de mandato acada ano, nos últimos 16 anos e isso é sinal da fraqueza das instituições democráticas e do seu desempenho.

As maiores turbulências aconteceram na Argentina, Equador e na própria Bolívia.

Na Argentina, o salceiro mais recente começou ainda no governo de Alfonsín (1983-1999), cuja renúncia aconteceu  ainda seis meses antes do témino do mandato. O contexto geral era de hiper-inflação, greves, violência na rua e prurido nas casernas.

No Brasil, Collor renunciou em 1992. Depois de oito meses, o então presidente da Venezuela, Carlos Andrés Pérez enfrentou levantes nas ruas e militares. Em seguida foi a vez do Equador, cujo presidente Abdalá Bucaram abusou do poder de roubar e provocou uma greve geral. Resultado: o congresso declara o homem mentalmente incapaz. Aí, em 1999 Raúl Cubas Grau, então presidente do Paraguai, foge para não morrer de seu país, que vivia um levante social, que levou à morte seu vice, Argaña.

Em seguida, em 2000, Jamil Mahuad sofre pressão de representações indígenas, de partidos políticos e dos militares e renuncia. Em 2001, Fernando de La  Rúa deixa a presidência da Argentina depois de uma onda de saques em Buenos Aires e de pressão de banqueiros internacionais.O último a ser descadeirado foi Gonzalo Sánchez de Losada, depois de governar a Bolíviapor 14 meses.

Se a história só se repete como farsa, como escreveram Engels e Marx, parece que a história da América Latina tem sido um fingimento só. Será?


Um pouquinho de vaidade: O Nominimo citou esse blog ontem. Aqui. Valeu Pedro Dória!!!


 Escrito por Luiz às 11h27 [] [envie esta mensagem]


08/03/2005

DIA DA MULHER - hoje não tem tourada...

(foto: Sam Haskins)

Mais uma das sutilezas machistas de nossa sociedade. Hoje é o dia da mulher e devemos nos alegrar com isso. Devemos?

Alguém que tivesse o devido respeito, oportunidade, direito de escolha e de voz, assim como o ser humano versão masculina o tem, precisaria de um dia específico para ser lembrado? Faz-me pensar nas campanhas ecológicas tipo “Salvem as baleias”!

 

E este ano, aqui na Espanha, terra de toureiros e touradas, não ficou por menos. O título da Campanha do 8 de março é “Dia da Mulher Trabalhadora”. Como se não bastasse!

 

Hoje, não basta ser mulher e poder escolher entre ser aquela que educa seus filhos a tempo integral (e não somente nas horas vagas entre babás e avós), ou ser profissional e portanto ser economicamente viável. Não. Alguém colocou nas cabeças femininas, há décadas, que elas devem seguir os dois caminhos independente de sua vontade, escolha ou vocação. Triste desvantagem.

 

Sobretudo, porque como toda novidade científica, tal jornada dupla, nunca foi testada no ser humano masculino. Também somos nós que modificamos artificialmente o metabolismo de nosso corpo para controlar a natalidade, somos nós que nos “untamos”  de cremes e nos desenhamos diariamente antes de sairmos às ruas, ficando cada vez mais diferentes de nós mesmas e cada vez mais próxima ao ideal feminino ditado pela sociedade – a masculina, sejamos bem claras! Somos nós também que escondemos nossos cabelos brancos e nossas idades (pois essa tem prazo de validade!) bem ou mal vividas... Haja cobaia para tanto! Alguém vê a sutileza disso tudo?

 

Caso não, deixo essa imagem e palavras de Gabriela Liffschitz.  


 "Por suerte siempre están las palabras, me digo, cuyo cuerpo, como el mío, nunca puede ser realmente devastado. Mal interpretado sí, citado erróneamente, también, pero para la devastación no hay aquí un cuerpo que se ofrezca".     



 Escrito por Sofia Bau às 18h10 [] [envie esta mensagem]



Da série "se a moda pega"
O Uruguai agora tem seu próprio Movimento de Trabalhadores Sem Terra. Via El País.



 Escrito por Luiz às 16h44 [] [envie esta mensagem]



Bolívia simples?

Aqui pra vocês, ó
O que você diria de um país que, desde sua independência, em 1825, teve 190 trocas de poder motivadas por golpes ou renúncias? E se esse país, em sua história recente tivesse produzido três eleições somente entre 1978 e 1980? E se esse mesmo país tivesse sendo governado por um ditador chamado Luis Garcia Meza e fosse deposto em 1983 para que, nos três meses seguintes três governos diferentes se sucedessem? Um rapaz chamado Paz Estensoro assume em 1985 e consegue certa estabilidade entre 1985 e a década de 1990 ao tal país. Mas aí, um certo Hugo Zanzer volta ao poder e renuncia em 2001, dessa vez para cuidar do câncer. Aí talvez você imagine que o período de paz foi um acidente. E talvez se conveça disso ao lembrar que em 2002 Gonzalo Sanc´z de Lozada foi eleito e em outubro daqueloe mesmo ano teve que renunciar pra salvar a pele... Seu vice assum, o nome do sujeito é Charles Mesa, que apresentou sua própria renúnica segunda-feira passada.

Demorei a escrever sobre a Bolívia porque a história do país parece comprovar a idéia de que países pobres do continente são cronicamente inviáveis. Tem blog por aí dizendo que a história de repetição do país é como mulher ruim: gosta de história ruim. Felizmente a vida não é tão simples. Nem a história.



 Escrito por Luiz às 15h33 [] [envie esta mensagem]


07/03/2005

8 de março: dormindo com o inimigo
Na América Latina e Caribe , de 25 a 50% das mulheres são vítimas de violência doméstica. No Brasil, levantamento realizado pelo Movimento Nacional dos Direitos Humanos indica que, em 1996, 72% do total de assassinatos de mulheres foram cometidos por homens que privavam de sua intimidade. Que me conste, o nível de violência contra a mulher só aumentou nesses quase 10 anos. Isso significa que as mulheres cada vez mais dormem com o inimigo. Se isso não for verdade, se a violência tiver diminuído nesses anos todos, teremos motivo pra comemorar esse dia das mulheres?

Acho que não. Nesse dia 8 de março, a lembrança deveria ser essa. Porque a violência parece que se multiplicou: na rua, no trabalho, em casa a tal ponto que ninguém mais se importa, nem mesmo muitas mulheres. E se institucionalizou há anos: a maior batalha nesse campo é rever a legislação que proibe aborto - com um presidente da câmera como o que temo hoje isso vai ser difícil...



 Escrito por Luiz às 00h53 [] [envie esta mensagem]


06/03/2005

Conheça seu horóscopo sexual
Não consegue arrumar uma boa transa? Tem a impressão que não satisfaz o parceiro ou parceira? Ele ou ela sempre diz que está com dor de cabeça na hora do vamo vê? Seus problemas acabaram. O jornal La Hora do Equador inaugurou uma sessão com um guia zodiacal/sexual, onde está disponível o perfil e estilo de cada signo na cama, os parceiros mais indicado para cada casa do zodíaco, além de um serviço de sexihoróscopo diário. Abaixo, segue uma breve relação dos pontos erógenos de cada um dos signos. Para você que sempre desejou perguntar o que é cuello, espalda, nalgas e muslos e nunca teve coragem de perguntar, pode tirar a dúvida nesse dicionário.

Aries - El nacido en Aries es uno de los seres
más sensuales y espontáneos, que jamás
renuncia a su felicidad.
Hombre - los pies, el cuello, la espalda
Mujer - las piernas, los senos, la cintura

Perfil completo


Touro
- Pata Tauro el amor es imprescindible
en su vida, y si se da cuenta de que su amor
es correspondido, es fiel y dedicado.
Hombre - la boca, los oídos, la nuca
Mujer - El ombligo, El derriére, La espalda
Perfil completo


Gêmeos
- Géminis se siente atraído por
las relaciones complicadas.
Hombre - Los labios, Las orejas, La espalda
Mujer - Los labios, Las orejas, La espalda

Perfil completo

É impressão ou tem um peito aqui?
Câncer
- Cree en las historias de amor
al estilo Romeo y Julieta: se entrega en
cuerpo y alma al ser amado.
Hombre: La barbilla, Planta de los pies, Las axilas
Mujer: Los senos, Las manos, Las pantorrillas
Perfil completo


Leão
- A este felino, más que una
atracción física, le llama la atención
la vida espiritual, la forma de ver la
vida y las experiencias que pueda
aportar la persona que ama.
Hombre: El pecho, Las nalgas, La nuca
Mujer: Las piernas, Plantas de los pies, La espalda
Perfil completo

Virgem - De los nativos del Zodiaco, Virgo es el más racional de todos.
Hombre: Los labios, La espalda, Las piernas
Mujer: La cintura, Las nalgas, La espalda
Perfil completo

Libra - El Libra expresa su amor con sinceridad, pero su mayor error es idealizar a su pareja.
Hombre: El cuello, Los muslos, La nuca
Mujer: La cabeza, La espalda, Los senos
Perfil completo

Pense numa cor bonita
Escorpião
- Exigente, impulsivo y
decidido cuando de amar se trata,
no admite los términos medios.
Hombre: Los órganos genitales, La boca, La espalda
Mujer: La nariz, El ombligo, Los senos
Perfil completo

Sagitário - Como es un aventurero consagrado, le cuesta
trabajo mantener la estabilidad emocional.

Hombre: Las piernas, Los brazos, El cuello
Mujer: Las plantas de los pies, Los senos, La espalda
Perfil completo

Capricórnio - Detrás de su apariencia fría e introvertida existe un
ser tierno al que le agrada amar y ser amado.
Hombre: La nuca, El derriére, Los labios
Mujer: Las nalgas, Los senos, Los órganos sexuales
Perfil completo

Aquário - El nativo de Acuario se identifica con una pareja
osada, descomplicada y sin prejuicio.
Hombre: Organos sexuales, El cuello, La espalda
Mujer: El ombligo, Los senos, Las piernas
Perfil completo

Peixe - Para Piscis el amor es de vital importancia, y no sólo el de pareja. Es tierno y delicado
y busca la estabilidad emocional por encima de todo.
Hombre: la nuca, la espalda, el cuello
Mujer: Organos genitales, Los muslos, Las pantorrillas
Perfil completo 



 Escrito por Luiz às 22h04 [] [envie esta mensagem]


02/03/2005

Tempo, tempo, tempo, tempo, tempo ...


Não me iludo
Tudo permanecerá do jeito que tem sido
Transcorrendo
Transformando
Tempo e espaço navegando todos os sentidos
Pães de Açúcar
Corcovados
Fustigados pela chuva e pelo eterno vento
Água mole
Pedra dura
Tanto bate que não restará nem pensamento
Tempo rei, ó, tempo rei, ó, tempo rei
Transformai as velhas formas do viver
Ensinai-me, ó, pai, o que eu ainda não sei
Mãe Senhora do Perpétuo, socorrei
Pensamento
Mesmo o fundamento singular do ser humano
De um momento
Para o outro
Poderá não mais fundar nem gregos nem baianos
Mães zelosas
Pais corujas
Vejam como as águas de repente ficam sujas
Não se iludam
Não me iludo
Tudo agora mesmo pode estar por um segundo
Tempo rei, ó, tempo rei, ó, tempo rei
Transformai as velhas formas do viver
Ensinai-me, ó, pai, o que eu ainda não sei
Mãe Senhora do Perpétuo, socorrei.
Gilberto Gil, músico e ministro nas horas vagas

Quando estou imerso na minha corrente de consciência, não encontro nenhuma experiência nitidamente diferenciada. NUm dado momento, uma experiência "se acende", e logo "se apaga". Enquanto isso, alguma coisa nova surge do que era alguma coisa velha e cede lugar a alguma outra coisa ainda mais nova. Não posso distinguir entre o Agora e o Antes, entre o Agora mais recente e o Agora que acaba de passar, exceto porque sei que o que acaba de passar é diferente do que se passa agora. Pois eu vivencio a minha duração como uma corrente irreversível, unidirecional, e vejo que de há um momento atrás a agora mesmo eu envelheci. Mas não posso estar atento a isso enquanto ainda estou imerso na corrente. Na medida em que toda a minha consciência permanece temporariamente unidirecional e irreversível, estou inconsciente tanto do meu próprio envelhecimento quanto de qualquer diferença entre presente e passado.
Alfred Schutz, filósofo vienense falecido em 1959.

"Que é o tempo? Quem poderá explicá-lo clara e brevemente? Quem o poderá apreender, mesmo só com o pensamento, para depois nos traduzir, por palavras, o seu conceito? E que assunto mais familiar e mais batido em nossas conversas do que o tempo? Quando dele falamos, compreendemos o que dizemos; compreendemos também o que nos dizem quando nos falam dele. Que é, por conseguinte, o tempo? Se ninguém mo perguntar, eu sei; se o quiser explicar a quem me fizer a pergunta, já não sei".
Santo Agostinho, santo.

"Se espaço for infinito, então nós podemos estar a qualquer ponto em espaço. Se tempo for infinito, nós podemos estar a tempo".
Borges, escritor argentino

Tempo é dinheiro.
Todo mundo



 Escrito por Luiz às 22h43 [] [envie esta mensagem]



La droga ilegal más consumida
a nivel global es la marihuana

Usuária segurando o trago
Usuária eventual segurando o trago
Segundo dados da Junta Internacional de Fiscalização de Entorpecentes, cerca de 3% da população mundial - 185 milhões em ação - usaram drogas ilícitas no ano de 2004. A droga mais usada é a maconha: cerca de 150 milhões de pessoas fizeram uso no ano passado. Isso é mais de quatro vezes a população todinha da Argentina.

Em segundo lugar vem o uso de anfetamínicos, com cerca de 38 milhões de usuários em 2004. A cocaína ocupa o terceiro lugar, com cerca de 35 milhões de usuários. E a Colômbia segue firme na primera colocação entre os países produtores: cerca de 3 quartos da coca produzida mundialmente sai de lá.



 Escrito por Luiz às 22h19 [] [envie esta mensagem]



Gentileza gera gentileza
GENTILEZA
(Marisa Monte)

Apagaram tudo
Pintaram tudo de cinza
A palavra no muro
Ficou coberta de tinta
Apagaram tudo
Pintaram tudo de cinza
Só ficou no muro
Tristeza e tinta fresca
Nós que passamos apressados
Pelas ruas da cidade
Merecemos ler as letras
E as palavras de Gentileza
Por isso eu pergunto
A vocês no mundo
Se é mais inteligente
O livro ou a sabedoria
O mundo é uma escola
A vida é o circo
Amor palavra que liberta
Já dizia o profeta



 Escrito por Luiz às 21h59 [] [envie esta mensagem]



Tô nessa fila aí
Machuca
Tá certo que não vi todos os filmes que concorreram ao Oscar - na verdade nem quero ver todos. Tem dois documentários na fila, e bem no topo de prioridades. Espero que baixem logo nas salas da Fundação. Um deles é "Salvador Allende", do chileno Patrício Guzmán. E o outro é "História de um saque", do argentino Fernando Solanas. Os dois são documentários produzidos em 2004 e que acabam de estrear em Paris.

"Allende" narra o 11 de setembro dos chilenos, que durou 30 anos de ditadura do general Ernesto Pinochet e que começou no dia 11 de setembro de 1973, com o suicídio do presidente socialista Salvador Allende. "História de um saque" acusa o governo Menem de saquear as riquezas da Argentina e de como isso refletiu no calote e na crise argentina, anos depois.

Diários de Motocicleta
É engraçado ver que os dois filmes, na rabeira de “Diários de motocicleta”, de Walter Salles Júnior, “Machuca”, do chileno Andrés Wood, assim como a dupla “Peões”, de Eduardo Coutinho, e “Entreatos”, de João Moreira Salles, narram não somente momentos cruciais da história latinoamericana. Mostram também um capítulo importante
da evolução das forças de esquerda no continente. Tô na fila.



 Escrito por Luiz às 02h58 [] [envie esta mensagem]



Da série "se a moda pega"
Um juiz da região do Prata, na Arentina, teve que ir pessoalmente à sede de uma institução de saúde pública para pegar o coquetel de tratamento de uma paciente aidética. A causa: trâmites burocráticos atrasaram em mais de uma semana o repasse dos medicamentos e, mesmo com uma decisão legal, a paciente não conseguia obtê-los. Na semana passada os portadores do Hiv ativo no Brasil passam pelo mesmo problema. Eu só queria que essa moda pegasse aqui. Mas eu acho que é pedir muito. Via Clarim.com.



 Escrito por Luiz às 02h06 [] [envie esta mensagem]



Borges sempre bem vindo
Borges

LIMITES
Jorge Luis Borges

De todas as ruas que escurecem ao pôr-do-sol,
deve haver uma (qual, eu não sei dizer)
em que já passei pela última vez
sem perceber, refém daquele Alguém

que, com antecedência, fixa leis onipotentes,
ajusta uma balança secreta e inflexível
para todas as sombras, formas e sonhos
tecidos na textura desta vida.

Se há um limite para todas as coisas e uma medida
e uma última vez, e nada mais, e esquecimento,
quem nos dirá a quem nesta casa
nós, sem saber, já dissemos adeus?

Pela janela que amanhece a noite se retira
e entre os livros empilhados que lançam
sombras irregulares na mesa baça,
deve haver um que eu jamais lerei.

Há uma porta que você fechou pra sempre
e algum espelho o esperará em vão;
para você as encruzilhadas parecem muito amplas,
mas há um Janus, vigiando você, nos quatro cantos.

Há uma entre todas tuas memórias
que agora está perdida além da evocação.
Você não será visto descendo àquela fonte,
seja à luz do sol claro, nem sob a lua amarela.

Você nunca recapturará o que o Persa
disse em seu idioma tecido com pássaros e rosas,
quando, ao pôr-do-sol, antes que a luz disperse,
você quer pôr em palavras tanto inesquecível.

E o Rhone fluindo sem parar, e o lago,
todo esse vasto ontem sobre o qual me curvo hoje?
Estará tudo tão perdido como Cartago,
queimada pelos romanos com fogo e sal.

Ao amanhecer pareçe ouvir o turbulento
murmurio de multidões crescendo e dissolvendo;
tudo por que fui amado, esquecido,
espaço, tempo, e Borges, estão me deixando agora.



Porque Borges é necessário e precioso, e próximo e distante; por sua presença inconsolavelmente semi esquecida, pouco conhecida por nós, por sua clareza em ver, sua elegância discreta e sua atordoante genialidade, por tudo o mais sabido e por meu amor a esse homem, esse post.

 Escrito por Luiz às 01h51 [] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   

Reclame:locoporti@gmail.com

INFORMAÇÃO
 
   El Tiempo (Colômbia)
   El Espectador (Colômbia)
   Expresso (Peru)
   Peru 21 (Peru)
   Ultimas Noticias (Venezuela)
   El Universal (México)
   Cronica (México)
   El Mercurio (Chile)
   Clarin (Argentina)
   La Nacion (Argentina)
   La Hora (Equador)
   Ultimas Noticias (Equador)
   El Diario (Bolivia)
   Diario de Notiocias (Paraguai)
   El Pais (Uruguai)
   La Prensa (Nicarágua)
   Prensa (Panamá)
   Fórum Social Mundial (Brasil)
   Agência Latinoamericana de Informação
   Associação de Estudos Latinoamericanos
   Latin American Post (EUA)
   Granma (Cuba)

POLÍTICA E CIDADANIA
        Luta Libertária
        Foreign Policy
        Mídia Tática
        Rede Interamericana para a Democracia
        Nova Democracia
        Marxists Archieve
        ABONG
        OBREAL
        AECidadania
        Pauta Social
        Cebrap.org
        Instituto Pólis
        Eletronic Frontier Foundation
        Move On
        Ponto de Vista/Crítica Política
        Revista Movimiento
        Nueva Mayoria
        LatinoBarometro
        Observatório Político Sul Americano
COLUNAS
       Míriam Leitão
       Veríssimo
       Mário Sérgio Conti
       Pedro Dória
FINA FLOR
        Verbeat
        Síndrome de Estocolmo
        Smart Shade of blue
        Stuckin Sac
        Blog do Gejfin
        O biscoito fino e a massa
        Velo do Farol
        Insanus
        A Arte da Fuga
       La Mala Rosa
       LLL
       Angustiado
       Glamdreams
       Os conspiradores
       Nominimo/Blog
       Pensar Enlouquece
       Códigobr
       Catraca
       Imakinaria
       Por um punhado de pixels
       Wunderblogs
        Radamanto
       Estuário de Samarone
        Mas tudo bem
 
SEXO
       2explicitos
       O sexo de Anali
       Uva na Vulva
       Unaids
       Eros Blog
       World Sex News
       Sex Flog
 
AMIGOS
       Adorada Guadalupe
       Os Pensamentos de Mama
       Blog do Pi
       Fiteiro
       Bom Tom
       Guitar Grinder
        Barraco da Jaca
       Os Blog da Minie
       Hard News
       Cha de panela
       Fotografias/Gondim
       Sofia Bau
       Colchas de retalhos
       Girl Power
        Minha Lilith
        Paulo Rebêlo
        Diário de Bordo
 
 
VOTAÇÃO
    Dê uma nota para meu blog





O que é isto?
Histórico
   01/06/2006 a 15/06/2006
   16/05/2006 a 31/05/2006
   01/05/2006 a 15/05/2006
   01/04/2006 a 15/04/2006
   16/03/2006 a 31/03/2006
   01/03/2006 a 15/03/2006
   16/02/2006 a 28/02/2006
   01/02/2006 a 15/02/2006
   16/01/2006 a 31/01/2006
   01/01/2006 a 15/01/2006
   16/12/2005 a 31/12/2005
   01/12/2005 a 15/12/2005
   16/11/2005 a 30/11/2005
   01/11/2005 a 15/11/2005
   16/10/2005 a 31/10/2005
   01/10/2005 a 15/10/2005
   16/09/2005 a 30/09/2005
   01/09/2005 a 15/09/2005
   16/08/2005 a 31/08/2005
   01/08/2005 a 15/08/2005
   16/07/2005 a 31/07/2005
   01/07/2005 a 15/07/2005
   01/06/2005 a 15/06/2005
   16/05/2005 a 31/05/2005
   01/05/2005 a 15/05/2005
   16/04/2005 a 30/04/2005
   01/04/2005 a 15/04/2005
   16/03/2005 a 31/03/2005
   01/03/2005 a 15/03/2005
   16/02/2005 a 28/02/2005
   01/02/2005 a 15/02/2005
   16/01/2005 a 31/01/2005
   01/01/2005 a 15/01/2005
   16/12/2004 a 31/12/2004
   01/12/2004 a 15/12/2004
   16/11/2004 a 30/11/2004
   01/11/2004 a 15/11/2004
   16/10/2004 a 31/10/2004
   01/10/2004 a 15/10/2004
   16/09/2004 a 30/09/2004
   01/09/2004 a 15/09/2004
   16/08/2004 a 31/08/2004
   01/08/2004 a 15/08/2004
   16/07/2004 a 31/07/2004
   01/07/2004 a 15/07/2004